⭕ RUÍDO: DOSE DE EXPOSIÇÃO

Postado em Atualizado em

Se durante a jornada de trabalho ocorrerem dois ou mais períodos de exposição a ruído de diferentes níveis, devem ser considerados os seus efeitos combinados, de forma que,
se a soma das seguintes frações:

exceder a unidade, a exposição estará acima do limite de tolerância.

qw

Onde:
D = Dose de ruído (unidade ou em percentual)
Cn = Tempo de exposição a um nível específico
Tn = Duração total permitida a esse nível, conforme limites estabelecidos no anexo 01, NR-15

OBSERVAÇÕES

Para níveis de ruído com valores intermediários aos constantes na Tabela 1 será considerado o tempo máximo diário permissível relativo ao nível imediatamente mais elevado.

Exposições a níveis inferiores a 80 dB(A) não serão consideradas no cálculo da dose.

Quando a exposição for a um único nível de ruído o cálculo da dose diária também é feito utilizando a expressão apresentada, ou seja, simplesmente dividindo “C1” por “T1”.

Neste critério, o limite de exposição ocupacional diária ao ruído contínuo ou intermitente corresponde a dose diária igual a 100%.

Não é permitida exposição a níveis de ruído acima de 115 dB(A) para indivíduos que não estejam adequadamente protegidos. (Ruído contínuo ou intermitente) NR15 – Anexo 1. 

O que é nível de Ação?

Nível de Ação: valor acima do qual devem ser iniciadas ações preventivas de forma a minimizar a probabilidade de que as exposições ao ruído causem prejuízos à audição do trabalhador e evitar que o limite de exposição seja ultrapassado.

O nível de ação para a exposição ocupacional ao ruído é de dose diária igual a 0,5 ( 50%).
(NR09, 9.3.6.2, b)

COMO TRANSFORMAR MINUTOS EM HORAS?

EXEMPLO 1:

30 minutos exposto a 89 dB (A), ficará:

30/60 (minutos) = 0,5 

EXEMPLO 2:

96 dB(A) é permitido em até 1 hora e 45 minutos

Transformando os minutos em hora, ficará:

(1 hora) = 1
(45 minutos) = 45/60 = 0,75

TOTAL = 1,75 Horas

Agora vamos aos Exercícios?

EXERCÍCIO 1:

Um trabalhador fica exposto aos seguintes níveis de ruído, 
em sua jornada de trabalho de 8 h:

5 horas a 90 dB(A)
2 horas a 86 dB(A)
1 hora a 92 dB(A)

Qual a Dose?

SOLUÇÃO em Minutos:

Tempo exposto:
5 horas = 300 minutos
2 horas = 120 minutos
1 hora = 60 minutos

Tempo permitido:
4 horas = 240 minutos
7 horas = 420 minutos
3 horas = 180 minutos

D=
300/240 = 1,25
120/420 = 0,29
60/180 =  0,33

D= 1,87 (187%) > 1 (100%) 

OU em Horas:

5/4 = 1,25 + 2/7 = 0,29 + 1/3 = 1,87

Resposta: Ambiente Insalubre, por que passou de 1 (Maior que 1, onde 1 é 100% da Dose permitida.

EXERCÍCIO 2:

Considere a seguinte exposição ao ruído, na jornada de 8 horas:

30 min a 95 dB (A)
30 min a 105 dB (A)
7 horas a 84 dB (A)

Portanto, é CORRETO afirmar que:

( ) a dose de ruído foi de 125%.
( ) o limite de tolerância não foi ultrapassado.
( ) a dose de ruído foi de 212,5%.
( ) o limite de tolerância foi ultrapassado em 30 min.

Resolva primeiro se a Dose ultrapassou o L.T. (1 = 100%), logo após multiplique por 100 o resultado.

Solução do Exercício 2

30 min a 95 dB (A)
30 min a 105 dB (A)
7 horas a 84 dB (A)

Conforme Quadro I da NR 15, Anexo 1, teremos:

D =
30/120 = 0,25
30/30 = 1
420/? = 0

D = 0,25 + 1 + 0 = 1,25

Para porcentagem = 1,25 X 100 = 125%

Resposta:

O resultado será o acima em razão de que pelo fato de 84dB(A) não estar no Anexo 1 da NR15, ele não poderá ser computado, ficando como 0 e como qualquer número dividido por zero é = 0, então iremos apenas calcular os dois primeiros períodos em vermelho.

EXERCÍCIO 3:

Considere a seguinte exposição ao ruído, na jornada de 8 horas:

3 horas a 96 dB(A)
2 horas a 87 dB(A)
1 hora a 85 dB(A)
2 horas a 98 dB(A)

Calcule a Dose de exposição:

Obs. Essa é pra você fazer!

O que é Incremento de duplicação de Dose?

Incremento de Duplicação de Dose (q): incremento em decibéis que, quando adicionado a um determinado nível, implica a duplicação da dose de exposição ou a redução para a metade do tempo máximo permitido.

qw

qw

 

Anúncios

4 comentários em “⭕ RUÍDO: DOSE DE EXPOSIÇÃO

    Daniel Silva disse:
    15 de março de 2018 às 10:37

    Bom dia Wanderson, não encontro o tempo de trabalho a 84db.. onde encontro?
    Aqui vc diz q níveis abaixo de 80 não entram cálculo da dose, mas a minha dúvida é pra 84db

    Curtir

      Wanderson Monteiro respondido:
      18 de março de 2018 às 11:19

      Bom dia Daniel. Isso é a NHO1 que diz que níveis abaixo de 80 dB(A) não serão considerados. Abraço.

      Curtir

    waine ribeiro de sousa disse:
    20 de março de 2018 às 17:42

    Boa Tarde Wanderson Monteiro,
    Pode me ajudar neste exercicio
    A empresa grupo bravo atua no setor impressão de jornais e revistas, em periodo integral, com utilização de turnos de trabalho. A partir de uma reclamação judicial, um colaborador que atuava como vigilante questiona pagamento de insalubridade tendo em vista labor em ambiente ruidoso. O referido vigilante trabalhava em jornada, estava exposto aos ruidos dos diferentes equipamentos de impressão e ambientes onde circulava. Segundo consta nos autos, ele desempenhava sua função de vigilante com exposição à ruídos da seguinte forma:
    a) 4h na guarita – 80db (acesso de pessoas)
    b) 2h na recepção – 80db
    c) 2h fazendo ronda pelo interior da area de impressao – 89db
    d) 3h na guarita – 82db (acesso de veiculos)
    e) 01h no corredor de impressão – 84db
    Considerando a necessidade de determinação da exposição ocupacional quanto as condiçoes do local de trabalho, o juiz responsavel pelo processo…, a fim de realizar laudo tecnico pericial indiciando se a atividade desempenhada pelo colaborador requerente é insalubre ou salubre. Demonstre o memorial de calculo. Considerando que a normatização para aposentadoria especial remete a metodologia da NH01 da fundacentro, indique qual seria o nivel de exposição normalizado para este caso.

    Curtir

    Erica P disse:
    24 de maio de 2018 às 14:33

    Estou tentando responder uma questão de um concurso e estou em duvida numa parte. É para colocar V ou F. Para mim a afirmação é verdadeira, mas no gabarito está como falsa. Poderia me ajudar?
    “Foi avaliado o nível equivalente de ruído para Operador de Serra Circular, registrando 101 dB(A). Analise as seguintes afirmativas:
    II. Se fornecer protetor auricular com NRRsf de 15 dB(A), a insalubridade não estará neutralizada.”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s